Skip to main content
BlogMarketing DigitalPodcast

Inbound Marketing vs Outbound Marketing

Por 17 de setembro de 2021setembro 23rd, 2021Sem comentários

Inbound Marketing vs Outbound Marketing – quem ganha esse duelo?

Inbound e outbound são dois tipos de estratégias distintas e antagônicas que todo empresário precisa conhecer.

Foi por isso que o Evandro Mazuco e o Luiz Gustavo gravaram o CODICAST #112. 

Ouça – ou assista – o episódio e entenda o que são, quais as diferenças e como aplicá-los no dia a dia do seu negócio.

inbound marketing vs outbound um dos dois é melhor?

👉 Para assistir no YouTube, clique aqui.

👉 Para ouvir no Spotify, é só clicar no PLAY! abaixo.

● Inbound Marketing vs Outbound Marketing

Apesar de serem termos que tenham se popularizado nos últimos 5 anos, talvez inbound marketingoutbound marketing  sejam termos novos para você.

Mas quem tem um negócio precisa ficar atento a essas estratégias.

O objetivo do inbound marketing, também conhecido como marketing de atração, ou marketing de conteúdo,busca atrair a atenção dos potenciais clientes por meio de conteúdo relevante.

Segundo Joe Pulizzi, no livro Marketing de Conteúdo Épico:

“O inbound marketing é o processo de marketing e de negócios para a criação e distribuição de conteúdo valioso e convincente para atrair, conquistar e envolver um público-alvo claramente definido e compreendido – com o objetivo de gerar uma ação lucrativa do cliente.”

Pode-se dizer que o inbound marketing é a estratégia de se comunicar com os potenciais clientes sem vender.

Ao invés disso, você entrega informações que ajuda os seus clientes – seja dando informações valiosas, interessantes ou engraçadas, construindo assim, uma conexão emocional.

A premissa por trás dessa estratégia é a ideia de que se você, como empresário, fornecer informações valiosas de maneira constante, os clientes vão recompensar com mais compras e lealdade.

Já o outbound marketing, também conhecido como marketing tradicional, ou marketing de interrupção, busca atrair a atenção dos potenciais clientes oferecendo a ele produtos e serviços.

● O surgimento do inbound marketing

Apesar de só ter se popularizado recentemente, a primeira ação de inbound marketing que se tem notícia aconteceu no ano de 1900, com a criação do Guia Michelin, tradicional guia de restaurantes, muito prestigiado até hoje.

Criadores de uma revolucionária patente – pneus automotivos que suportavam velocidades de até 100 km/h.

O problema era que, quando lançaram esses pneus, a França, país de origem da empresa, tinha pouco mais de 3.000 carros.

Para piorar, viagens de carro eram pouco comuns na época.

Diante disso, André e Edouard Michelin, os fundadores da empresa, resolveram criar o Guia Michelin, que nasceu como um guia de turismo, com mapas e dicas das regiões.

O objetivo era incentivar as viagens de carro e, consequentemente, o gasto de pneus – e a posterior compra de novos pneus (Michelin, de preferência).

Percebeu a estratégia de inbound? 

O  objetivo principal do guia não era vender pneus. Era atrair a atenção das pessoas por meio de um conteúdo de valor.

 

inbound marketing

● A diferença entre inbound marketing e outbound marketing?

 Evandro nos responde:

 “O Inbound trabalha com a atração de clientes e a educação dele.”

Ou seja, se trata de um conjunto de estratégias que tem como objetivo encantar uma pessoa e assim torná-la cliente da marca.

No inbound, pessoas são qualificadas por etapas, até se tornarem clientes

“Por outro lado, no outbound, trabalha-se com uma lista de pessoas já qualificadas ou que esperam ser.”

Chamamos isso de marketing de interrupção.

Por exemplo, o CODICAST #112, ou mesmo esse blog post, são exemplos de inbound marketing – um conteúdo de valor, que não tem a intenção de vender imediatamente um produto ou serviço.

Pessoas que tem interesse em saber a diferença entre inbound marketing vs outbound marketing, vão ouvir o podcast e, eventualmente vão nos seguir no Instagram, consumir outros conteúdos, assistir à nossa Masterclass, estreitando o relacionamento para, quem sabe, em  algum momento receber uma oferta.

>>Se você ainda não segue a Codirect no Instagram, CLIQUE AQUI para seguir<<

Já os comerciais que passam na televisão, no meio do noticiário e da novela, são exemplos de outbound marketing.

Você está fazendo algo (vendo o noticiário, ou a novela) e é interrompido por mensagens publicitárias falando sobre produtos ou serviços.

outbound marketing

● E como podemos categorizar isso?

A maioria dos empresários fica em dúvida, mas tanto inbound quanto o outbound são estratégias de marketing que  podem funcionar quando feitas corretamente, dentro da uma estratégia geral da marca.

Como diz Evandro:

“São duas estratégias que podem até ser realizadas juntas. Afinal uma coisa não exclui outra.

Mas hoje em dia eu vejo que muitas empresas deturpam os conceitos e misturam as coisas.

Por exemplo, o inbound marketing se popularizou porque as empresas estão oferecendo diversos e-books para os seus clientes.

Elas pedem o e-mail do cara, enviam o e-book gratuito  e acreditam a partir daí que possuem um lead qualificado…. mas não.

Na verdade, você nem sabe se a pessoa abriu o e-book ou se aquele conteúdo gerou valor o suficiente para encantar seu cliente quanto a sua marca.”

O importante, quando falamos de inbound, é criar um relacionamento com o potencial cliente, criando nele a percepção de que sua marca é uma Marca de Valor.

Um erro que muitos empresários cometem na hora de criar uma estratégia inbound é acreditar que basta entregar um conteúdo valioso, como um e-book, por exemplo, e depois partir para o fechamento da venda – mas essa não é a maneira correta de fazer isso acontecer.

Essa ação não gera o sentimento de reciprocidade que o inbound deveria gerar.

● Inbound marketing vs outbound marketing – O que funciona melhor?

 Luiz Gustavo joga a pergunta audaciosa para Evandro, que responde de maneira precisa: 

 “Depende. Os dois podem funcionar perfeitamente. O que vai ditar qual funcionará melhor para você vai ser o tipo do seu negócio, o valor do seu investimento, o tempo que você  tem para trabalhar a estratégia.

Existem muitos fatores que determinam qual é o que funcionará melhor para cada empresa.

Eu tendo a investir mais em inbound do que em outbound. Porque eu vejo que tem mais resultado a longo prazo.

O Inbound possibilita, para um negócio local, uma audiência maior e essa audiência, por sua vez, proporciona uma demanda maior para o negócio.”

● Inbound Marketing e marketing digital são a mesma coisa?

Essa pergunta parte de Evandro para Luiz Gustavo que rapidamente esclarece a audiência: 

“Boa pergunta. É uma dúvida bastante comum mas a resposta é não.

Até porque é possível fazer inbound marketing, sem ser por meio do digital.”

Um exemplo disso são os eventos de palestras, oferecidos por empresas. 

Geralmente no fim  de toda a apresentação existe uma enorme geração de valor que se encerra com um convite para que o público passe a seguir a empresa. Acompanhe os canais e conheça  conteúdos.

● A Marca da Valor é uma forma de Inbound?

O produto  mais procurado pelos clientes da Codirect é o programa de mentoria Marca de Valor, onde ensinamos empresários a construírem uma Marca de Valor, por meio do inbound marketing.

Quem já conhece a Codirect já sabe como gerar valor por meio do Conteúdo Influente, principalmente nas redes sociais.

Quando perguntado, Evandro dá sua visão:

“O grande segredo por trás da Marca de Valor – e é ele que ensinamos em nossos cursos e mentoria – é como encantar a audiência para que se torne fã da marca, antes de comprar a solução que você oferece.

Existem muitas estratégias por trás da técnica, que nós ensinamos e o inbound sem dúvidas é fundamental nisso.”

O inbound, sem dúvidas, ajuda os empresários a atrair desconhecidos, engajar interessados e a encantar clientes, tornando-os fãs apaixonados pela marca.

Por meio do inbound, as pessoas se relacionam com a essência da marca, algo que vai muito além da simples ação de compra e venda de produtos.

● CODICAST #112 – Inbound Marketing vs Oubound Marketing

Para se aprofundar mais ainda neste assunto, recomendamos fortemente a edição 112 do CODICAST, o melhor podcast sobre marketing digital para negócios do país.

Se você é daqueles que prefere assistir ao episódio, a melhor opção é o YouTube.

Mas se é daqueles que prefere ouvir ao episódio enquanto realiza outras atividades, a melhor opção é o Spotify.

Você pode acessar ambas as opções abaixo.

No fim da página, há um formulário para você se inscrever e não perder nenhuma opção do CODICAST.

👉 Para ouvir no Spotify, clique aqui.

👉 Para assistir no YouTube, é só clicar no PLAY! abaixo.

Para não perder nenhuma edição do CODICAST, o melhor podcast sobre Marketing Digital para Negócios Locais, é só inserir o seu e-mail no campo abaixo.

O co-fundador da Codirect, Evandro Mazuco, avisará você sempre que um novo episódio for ao ar.

Fazer um comentário